Testemunhas são ouvidas em audiência da ação que pede a cassação do mandato de Irene.

Rosa Maria da Silva Duarte - Juíza Eleitoral.
Rosa Maria da Silva Duarte - Juíza Eleitoral.

Aconteceu na manhã desta segunda-feira 20/04 audiência da AJIE – Ação Judicial de Investigação Eleitoral 754/2008. Na ação a Coligação Mudança Já que teve Juran Carvalho candidato a prefeito, acusa a Coligação Presidente Dutra Unida e Forte da prefeita reeleita Irene Soares por captação ilícita de sufrágio, traduzindo: Compra de Votos. Entre as denúncias a serem investigadas constam a doação de material de construção, uso da máquina administrativa e abuso do poder econômico e político. Todas as ruas que dão acesso ao Cartório Eleitoral foram interditadas e a polícia militar levou ao local um grande aparato policial. Por volta das 10 horas da manhã, as sete testemunhas começaram a serem ouvidas pela Juíza da 54ª Zona Eleitoral Rosa Maria da Silva Duarte (foto) os depoimentos se estenderam até as 19:30hs.

Lindonjonson Gonçalves - Promotor Eleitoral
Lindonjonson Gonçalves - Promotor Eleitoral

O ministério Público foi representado pelo Promotor de Justiça Lindonjonson Gonçalves. A defesa da prefeita Irene foi feita pelos advogados Warwick Leite, Welger Freire e Rodrigo Lago, este último, filho de Aderson Lago ex-todo poderoso chefe da casa civil do ex-governador Jackson Lago. Já a defesa de Juran Carvalho ficou por conta dos advogados Éder da Silva Lima, Yara Macedo, Melquezedeque Moreira e Doroth Carvalho. Gustavo Mamede até que tentou defender a patroa, mas ficou impedido logo que o Promotor Lindonjonjon invocou o artigo 28, inciso III da lei 8906/94 do Estatuto da OAB que impede detentores de cargos públicos advogarem em causa própria. Gustavo Mamede é Secretário Municipal de Administração, portanto, não poderia trabalhar na defesa de Irene.

Testemunhas impugnadas.

Momento da Audiência
Momento da Audiência

Robson Gomes Carvalho, Wildefran Silva Costa e Aldecina de Araújo Brás foram ouvidos sob juramento como testemunhas, enquanto que Rogério Moraes, impugnado pelos advogados de Irene foi ouvido na qualidade de informante por dois motivos: 1) por ter vínculo de parentesco com as partes e 2) por ter sido delegado da coligação na campanha eleitoral passada. Duro golpe mesmo quem levou foi a coligação da prefeita Irene, todas as suas testemunhas foram contraditadas pelos advogados de Juran. O presidente da Câmara Municipal de Presidente Dutra vereador Itamar Lucena Lima e o Secretário Municipal de Obras Manoel Messias Moraes depuseram na condição de informantes por serem partes interessadas no processo por motivos óbvios. Prevendo mais uma impugnação, os advogados de Irene pediram para que fosse dispensado o depoimento da última testemunha Orfileno Gomes de Gouveia Neto pelo mesmo motivo: Interesse na causa. Os advogados da Coligação Mudança Já (Juran) saíram muito otimistas da audiência. A advogada Yara Macedo disse que “Os depoimentos de nossas testemunhas foram claros, diretos, incontroversos e comprovaram de forma inequívoca todas as denúncias constantes nos autos”. Na opinião do advogado Éder Lima, o saldo da audiência foi positivo “uma vez que as testemunhas confirmaram todos os crimes ora mencionados”. O advogado Gustavo Mamede acompanhou a audiência na condição de ouvinte e saiu de lá satisfeito com o resultado. “Não ouvi nada que possa cassar a prefeita” “Dona Aldecina disse que quem lhe ofereceu telhas e tijolos foram outras pessoas e não a Irene, isso por si só inocenta a prefeita” afirmou Mamede. Agora foi aberto o processo de diligências requerido pelas duas partes que a Juíza Rosa Maria da Silva Duarte após analisar, vai decidir se aceita ou não essas diligências.

Nova audiência

Nesta quarta-feira dia 22/04 acontece nova audiência, desta vez é um RCED – Recurso Contra a Expedição do Diploma da prefeita Irene Soares, ação movida também pela Coligação Mudança Já. Além de testemunhas, foram intimados, o candidato que perdeu a eleição em 2008, Juran Carvalho e seu vice Fernando Gonçalves e a prefeita reeleita Irene Soares e o seu vice Zezão. Com certeza o assunto mais debatido e mais esperado durante essas oitivas será o famoso caso do Zé do Tijolo.

21 Responses

  1. Caro Adonias, queria parabenizar você pela luta e empenho em sempre está ao lado da sociedade informando sobre assusto que são do nosso interrese, passei o dia inteiro ontem em busca de noticia relacionada a essa audiencia, só consegui atraves do seu blog, parabens.
    E que a justiça seja feita…..

  2. Caro Adonias, pelo o que estou sabendo houve uma Uma grande falha por parte dos advogados da prefeita, pois as testemunhas arroladas(todas) foram desqualificadas, sendo assim, a prefeita e sua magnífica equipe de advogados ficaram sem nenhuma testemunha fato bastante comprometedor.
    Daria tudo p/ saber o que o Sr. Gustavo vai falar p/ prefeita, qual a mentira. Rsrsrsrs
    Por tamanho erro

  3. Adonias, o que estou sabendo é que esse advogado Gustavo cometeu vários erros na condução da defesa de sua prefeita na audiência de ontem, esses fatos que vou relatar são verdadeiros?
    1º Logo de imediato o advogado foi impedido de atuar no processo. O que configurou a primeira derrota da prefeita na audiência. E mais, o mesmo não sabe nem seu estatuto.
    2º Esse foi o mais grave de todos, deixou a prefeita em maus lençóis, vês que, todas as testemunhas arroladas no feito foram contraditadas, haja vista, os mesmos têm interesse na causa, razão pela qual foram apenas ouvidas como informantes. Ou seja, ela ficou sem testemunha de defesa e foi configurado que a prefeita cometeu vários crimes.
    3º Pelo visto, depois de varias derrotas durante ele ainda foi capaz de falar essa frase absurda …… “Não ouvi nada que possa cassar a prefeita” “Dona Aldecina disse que quem lhe ofereceu telhas e tijolos foram outras pessoas e não a Irene, isso por si só inocenta a prefeita” afirmou Mamede”…..Meus deus, ele não sabe que o que interessa p/ a justiça eleitoral é apenas a influencia do benefício e não quem deu ou deixou de ofertar.
    Pelo visto e mesmo sendo ainda aluno de direito a Sra. Irene está praticamente com o pé fora da prefeitura.

    Resposta: Caro Antonio, os fatos narrados no seu comentário correspondem ao que ocorreu ontem durante a audiência, só não temos a certeza no que isso vai dar. É esperar pra ver. Abraço e obrigado pelo comentário.

  4. Agora sim Adonias, começa a andar o berco e espero, com muita confiança, que os resultados serão positivos para Juran e companhia.

  5. “não ouvi nada que possa cassa a prefeita”kkkkkkk o Dr gustavo é uma figura;então a mãe da prefeita dá telha e tijolos e isso não é motivo;rapaz ou ele tá muito confiante ou matou todas as aulas de direito eleitoral na beira da praia,daí um dos motivos da barriguinha proeminente.

  6. ITAMAR LUCENA,MESSIAS MORAES E ORFILENO GOMES ESTE ULTIMO DE TANTA CREDIBILIDADE FOI DISPENSADO.ISSO NÃO E RELAÇÃO DE TESTEMUNHAS SÃO CANDIDATOS DE UM CONCURSO DE MENTIRAS

  7. Adonias caso se comfirme a cassaçao de irene sereno Quem assume de verdade o juran ou pres. da camara

    Resposta: São dois processos distintos. Caso a prefeita seja cassada pelo primeiro processo, o de segunda-feira, terá nova eleição. Se for pelo processo da quarta, assume Juran. Um é por captação ilícita de sufrágio e ou outro pede o cancelamento do diploma dela.

  8. Acredito que a situação esta muito complicada para Irene, por três motivos; As provas são contundentes, segundo; O promotor Lindonjonson cumpri seu dever a risca e não da moleza. E terceiro a Juíza tem total credibilidade. Julga pelos autos, pelas provas. Ai a coisa pega! Essa Doutora Rosa é muito séria!
    Os advogados da Prefeita terão de fazer das tripas coração. É um caso indefensável.

  9. Caro Adonias,
    Não tenho procuração para falar em nome do Dr. Gustavo Mamede, mas, também, não estou aqui para fazer defesa de sua pessoa. Gostaria, apenas, de dizer que o deferimento da contradita das testemunhas da prefeita está longe de representar um ato de sua derrota. Na verdade, deixando de ouvir as pessoas arroladas como testemunhas de defesa, a acusação perdeu a chance de obter uma eventual confissão. Toda a prova necessária no processo deve ser produzida, exclusivamente, pela Coligação-requerente, pois o ônus da prova é de quem alega. Quero dizer com isso que a prefeita não tem que provar a sua inocência, mas a coligação-representante terá de provar a culpabilidade da gestora se quiser vê-la cassada. O que muitos entendem como “falha” da defesa eu interpreto como “estratégia”. E digo mais: Eu também não vi nenhum fato relevante que pudesse arrimar a caçassão pretendida.
    Um abraço.

  10. Será se isso vai mesmo resultar em alguma coisa? esperamos uma resposta positiva, e que a justiça seja feita.

  11. Adonias adorei seu bolg.
    Queria saber mas noticias do bairro Campos Dantas, pois me disseram que lá com o período da chuvas tudo star terrível.
    Queria também vc colocasse fotos pra matar minha saudades.Da minha terra querida.
    Recife PE
    Ass:Andreia

  12. vcs não tem noticias da audiencia de ontem??? fiquei esperando ate tarde da noite pra saber alguma coisa e nada…

  13. Espero que a justica seja feita.Todos estavam vendo que a eleição estava ganha pelo partido de Juran Carvalho. E isso só não aconteceu por causa de tamanha falcatrua do partido adversário.

  14. diz o provérbio que: a justiça é cega, mas cêgo mesmo foi o advogado dr. gustavo e sua equipe, cegueira causada pela iniquidade e a ganância, movido por este mau cometerão érros grosseiros digno de um indouto. nada escapa aos ólhos de DEUS, ELE rico em justiça irá devolver a Juran o que lhe foi USSURPADO.

  15. algumas pessoas comentam que nunca viram um eleição onde os “derrotados” não se conformam com a derrota;mas como se conformar com algo onde nem os proprios vencedores acreditaram em sua vitoria.O que se viu em presidente dutra na ultima eleição foi no minimo uma imoralidade, e a prefeita sabendo da forma como conquistou sua vitoria não é nem louca de se expor ao publico;parabens juran todos sabem que a vitoria foi sua e por este motivo vc pode circular livremente por pres dutra de peito aberto e com a dignidade de um vencedor

  16. Adonias, algumas comertários estão sendo postado como se fosse eu os colocasse…. mas tudo bem, eram perguntas que gostaria de fazer mesmo…. corija por favor…

  17. O Advogado Warwick Leite leite têm razão quando afirma que as provas cabe a quem acusa. A questão é: o que a Irene vai fazer para contestar tanta prova. uma apresentada e de forma contundente cabe sim a então gestora contesta-la ou adimiti-la.

  18. Adonias PARABÉNS pelo site, pois ele enfatiza de forma clara regionais principalmente os presidutrenses!
    imagino que você esteja causando dor de cabeça Àqueles que tentam esconder alguns fatos…..

  19. Adonias PARABÉNS pelo site, pois ele enfatiza de forma clara as principais notícias regionais principalmente as presidutrenses!
    imagino que você esteja causando dor de cabeça Àqueles que tentam esconder alguns fatos…..

    Resposta: Andreia, obrigado pelo comentário, a força, o carinho e a visita.

  20. CAROS COLEGAS PROFESSORES será q tem condições do nosso país andar com tantas greves? é um atrazo para a nossa população isso é um “constrangimento”deixamos de crescer simplimente felo foto do senhor presidente não determinar um salário global a todo os professores do país, mesmo q isso ja esteja deteminado na lei da constituição DO NOSSO PAÍS mais q vigorar só DEUS SABE é preciso q ele presidente veja essa situação pq só assim as coisas poderiam andar dentro da lei e não haveria tantas greve, vamos reivindicar o q é certo!!!!porque um salario q nem eu e nem vc sabe verdadeiramente qual o certo só causa problemas a nossa sociedade e o verdadeiro só os HOMENS DAS LEIS PODERÃO DETERMINAREM, SOU FILHA DE PRESIDENNTE DUTRA E VEJO Q HOJE A POLITICA DA QUI ESTAR VIRANDO UM VERDADEIRO CONFLITO ENTRE OS CIDADÕES PRESIDUTRENSES SÓ DEUS É POR TODOS !!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog