Governo define ações de prevenção contra gripe suína

O secretário Estadual de Saúde, Ricardo Murad, concedeu entrevista coletiva esta semana, no auditório da SES, para falar sobre as providências que estão sendo tomadas pela rede pública de saúde para prevenção da gripe suína. Ele declarou que a Vigilância Epidemiológica está atenta às recomendações do Ministério da Saúde e que, como já havia sido definido com o surto de gripe aviária, o Hospital Universitário (HUUFMA) será referência no atendimento, em caso de necessidade. Murad foi enfático ao declarar que a possibilidade de ocorrência da doença no Maranhão é pequena: “Não há motivo para pânico e estamos numa zona de baixo risco. Os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde estão sendo cumpridos à risca e há reforço na assistência e atenção especial da Vigilância Epidemiológica”. O superintendente da Vigilância Epidemiológica, Henrique Jorge dos Santos, informou que as pessoas que chegam a São Luís pelo Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado e pelo Porto do Itaqui estão sendo monitoradas e cadastradas, com especial cuidado àquelas provenientes dos países que já registraram casos. “Fizemos uma adaptação do plano estratégico que foi construído para a gripe aviária e estamos trabalhando em conjunto com a Anvisa”, esclareceu. Na próxima segunda-feira (4), chegará a primeira remessa de medicamentos, máscaras, óculos e luvas para prevenção da doença.  O secretário-adjunto de Planejamento da SES, José Márcio Leite, informou que o Ministério da Saúde reforçará também o número de anti-virais colocados à disposição da cadeia de atendimento. O secretário informou também que a SES está mobilizada para atender às vítimas das enchentes nos municípios do interior: “Demandas como equipes médicas, água potável, incluindo fornecimento alternativo em caso de necessidade, e medicamentos são, agora, prioridade”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog