Crimes não solucionados serão reinvestigados, garante Cutrim

SÃO LUÍS – A cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão se reuniu hoje (6) pela manhã e decidiu retomar as investigações de vários crimes que estão sem solução no Estado. Segundo o secretário de segurança, Raimundo Cutrim a sociedade precisa saber quem são os autores desses crimes. Para a nova cúpula da secretaria de Segurança Pública, não há crimes que não possam ser solucionados. Basta dar condições de trabalho aos investigadores e cobrar resultados.

 Crimes

Dentre os crimes cuja investigação será retomada, destacam-se:

 >> O caso Ivanildo Júnior, em Imperatriz. O estudante foi encontrado morto, depois de ter sido abordado numa blitz policial. Apesar da prisão de dois PM’s suspeitos, não há, ainda, autoria definida.

 >> Outro crime: o assassinato do prefeito de Ribamar Fiquene. Ita Alves foi morto com cinco tiros em julho de 2007, na zona rural do município.

 >> Urgência também para apontar cada um dos culpados pela morte do prefeito de Presidente Vargas, Raimundo Bartolomeu Santos Aguiar, o Bertinho, assassinado a tiros num emboscada, na BR-222.

 Novos plantões

 O secretário anunciou ainda a criação de mais três plantões de polícia, além dos quatro que já existem na Capital.

 Eles vão funcionar nos bairros do João Paulo, Maiobão e em São José de Ribamar.

Mais informações no Imirante.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog