Secretaria Estadual de Saúde lança edital para construir 64 hospitais

Ricardo Murad, Secretário Estadual de Saúde
Ricardo Murad, Secretário Estadual de Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lança, nesta segunda-feira (6), o edital de licitação para a construção no interior do Maranhão dos 64 hospitais com enfermaria para 20 leitos, que estão previstos na primeira etapa do Programa Saúde é Vida. O anúncio foi feito, nesta sexta-feira (3), pelo secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, durante coletiva à imprensa realizada na sede do órgão, no Calhau. Segundo ele, as empresas de engenharia interessadas terão cerca de um mês para se habilitarem ao processo licitatório, uma vez que a licitação está marcada para o dia 8 de agosto, às 14h, no auditório da SES. Conforme o edital, os 64 hospitais foram divididos em seis lotes, cada um contendo, em média, 11 projetos. Só nesta fase do Saúde é Vida, serão gastos quase R$ 116 milhões.  A previsão é que em até 70 dias, os projetos comecem a sair do papel. O Programa Saúde é Vida, lançado pela governadora Roseana Sarney, em maio, prevê o investimento de R$ 350 milhões, na área da saúde, direcionados à construção de novas unidades, reforma e ampliação de outras já existentes, aquisição de equipamentos e ainda a transferência de aporte financeiro aos municípios com dificuldade de manutenção da sua rede de saúde. Seguindo o plano de trabalho do Programa, Ricardo Murad reuniu todos os prefeitos beneficiados com as ações para esclarecer e tirar dúvidas acerca das ações do Saúde é Vida. Depois os gestores municipais procuraram a Secretaria para assinar os termos de adesão ao Programa. Foi montado um espaço exclusivo para o atendimento aos prefeitos. Ricardo Murad informou que os prefeitos precisaram apresentar a documentação de um terreno regularizado, com serviços públicos de água e luz disponíveis. “A SES construirá hospitais nos municípios onde não existem leitos. Tanto a construção, quanto a aquisição dos equipamentos ficará por conta do governo estadual. Finalizada a obra, faremos a doação ao município e ainda daremos apoio para a manutenção das unidades”, explicou. O projeto básico dos hospitais com 20 leitos será executado em um terreno total de no mínimo 5.000 metros quadrados, sendo 1.237,85 metros quadrados de área construída. As unidades contarão com atendimentos de urgência e ginecológico, centro cirúrgico, central de consultas, farmácia, serviço de exames laboratoriais e radiologia, além de imunização e triagem, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog