ADEQUANDO OS ESPORTES À VIDA URBANA

Por Ronielton Sousa

Dia desses vi no noticiário a história de três jovens que viraram sucesso na internet pelo simples e curioso fato de encontrarem nos já tradicionais buracos nas vias públicas de sua cidade um bom espaço para praticar golfe já que o esporte em foco necessita de um espaço amplo (no caso a rua) e de buracos (algo sempre presente nas grandes cidades).

Esse fim de semana em visita à nossa querida e majestosa cidade de Presidente Dutra me aventurei a passear pelas vias públicas da princesinha dos cocais. O que pude ver, mui tristemente, foi o chamado e nítido descaso da administração pública quanto a situação em que vivemos hoje. Questionei-me como alguém pode privar o cidadão de seus direitos, algo já conhecido em Presidente Dutra. Além de não ter seus direitos à saúde, educação e lazer de qualidades postos em prática, o cidadão presidutrense também tem que abrir mão do simples direito de ir e vir, visto a condição que se encontram as ruas presidutrenses.

Mas por que fiz referência ao caso dos jovens acima citados? A resposta é simples: ao contrário dos atletas, o presidutrense não pode se dar ao luxo de praticar tal esporte burguês. Como foi dito por um internauta aqui no blogue, o esporte praticado todos os dias muito espontaneamente é o Rally. Para aqueles que se aventuram nos “circuitos de rally” de Presidente Dutra ficam os trajetos a serem seguidos: “Avenida Tancredo Neves (defronte à entrada Coabe)”, “Rua que liga a Avenida Tancredo Neves ao quartel da Polícia Militar”, “Quase todas as ruas dos bairros São José, Angelim, Campo Dantas, bairro de Fátima, Campeão e Vila Militar”. Enfim, não irão faltar locais em que o esporte poderá ser praticado nessa cidade em que os buracos já fazem aniversário e daqui uns dias poderão servir como cartão postal de Presidente Dutra, seja pelos apaixonados pela aventura do Rally, seja pelos modestos cidadãos que costumam tentar exercer seu direito garantido pela Constituição Federal que é o de ir e vir. Só pra constar: “AINDA BEM QUE A NOSSA QUERIDA PREFEITURA TEM AMOR PELA NOSSA TERRA, PORQUE NEM QUERO IMAGINAR COMO ESTARIA PRESIDENTE DUTRA SE FOSSE ODIADA OU ESQUECIDA PELO PODER EXECUTIVO.” Vamos lá, quero ver agora onde estão os vereadores eleitos por nós para ser nossos fiscais junto à Prefeitura. Fichas limpas ou não, cobro serviço de quem eu contrato… No caso, quero ver por onde andam os vereadores com seus requerimentos de numerar a fachada da câmara, os vereadores que adoram postar o “que fazem” nas redes sociais das quais participam, os vereadores que adoram ter sua imagem em um quadro numa parede da câmara, enfim todos que foram eleitos para garantir meu bem estar. Podem até aparecer aqui no blogue comentários pedindo que eu tenha paciência, afinal, ano que vem tem eleição e junto com ela vem todas as ruas sendo asfaltadas. Mas não posso, não tenho condições, muito menos com tanto buraco pra eu freqüentar.

3 Responses

  1. blea matéria adonias agora só axo que vc deveria colocar umas fotos pra ver se pelo menos por aqui nossa autoridades possam ver a ” desgraçaque esar as ruas de pres dutra . e pra esses vereadores ” CANSEI DE REQUERIMENTOS” façam alguma coisa por pres dutra, a cidade clama. vcs foram eleitos para cobrar do executivo e nao para baixar a cabeça para as suas vontades, axo tbm que a sociedade deveria se mobilizar, fazer as autoridades ouvirem o clamor , por saude, educação e ruas para trafegar!!!!!

    Resposta: Meu querido Bruno não é uma matéria minha e sim um artigo do navegante Ronielton Sousa que de vez enquando engrandece a qualidade deste blogue colaborando com alaguns artigos seus. Vou começar sim a postar com fotos mostrando como nossa cidade está entregue ao descaso. Abraço e obrigado pela participação.

  2. Muito obrigado pelos elogios. Mas infelizmente ainda acho que só as fotos não irão surtir muito efeito quanto à tomada de atitudes que melhorem a qualidade de vida da população presidutrense. Ano que vem tem eleição e infelizmente tenho a impressão de que mais uma vez o povo não fará jus ao poder que tem nas mãos. Adonias, gostaria que você TENTASSE, entrar em contato com algum daqueles inúmeros chefes de setores que temos na nossa “imaculada” prefeitura, para que ele nos dissesse o que tem “sido feito” para reduzir os trajetos esburacados de nossa cidade. Caso consiga, seria muito bom saber da desculpa! Abraço…

  3. Meu Deus, o que estão fazendo com minha cidade!!! Não era prá ser assim, D. Irene. Quando a Senhora se apresentou como candidata, a partir da segunda candidatura atrevi-me a acreditar e assim eu lhe dei o primeiro voto. A Senhora não foi eleita. Na eleição seguinte cravei de novo o seu nome e, moderadamente, vibrei em face de sua eleição, a senhora foi testemunha da minha satisfação. Sempre acreditei na tendência feminina para a prática da honestidade, melhor do que os homens. Então imaginei: é mulher, é honesta, será uma excelente prefeita. Acrescia a seu favor o fato de ter acumulado experiência no exercício do cargo de assessora do marido prefeito (dr. Remi). Na eleição seguinte, depois de ter visto a inapetência da senhora prefeita para o exercício honesto de tão relevante função pública, com a liberdade que me é peculiar, escolhí outro candidato. A maioria, entretanto, escolheu mal, deu outro mandato para D. Irene. Mais quatro anos perdidos. Menos educação, menos saúde, menos urbanização – o povo votou mal. O humilde eleitor que renovou o seu mandato é o que mais sofre. Sofre com a falta de saúde, de educação e com pouca comida para matar a fome. Como eu gostaria de aplaudir a senhora no seu último de mandato. Que pena!!!

    Gostei, Ronielton

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Arquivos do blog